Célia Sacramento | Biografia

Biografia

Célia Sacramento tem 51 anos. É fruto do êxodo rural, de pais baianos, nasceu em São Paulo, mas mora em Salvador desde os seis anos de idade. Sempre estudou em escolas publicas. É Bacharel em Direito e Contabilidade.  Especialista em Auditoria, Gestão Pública e Perícia Contábil, Direito Tributário e Eleitoral. Mestre em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP) e Doutora em Engenharia de produção pela Universidade Federal Santa Catarina (UFSC).

Foi candidata a vice-presidente da República ao lado de Eduardo Jorge (PV), em 2014. Antes, em 2012, foi eleita vice-prefeita de Salvador.  Ela também já foi candidata a deputada Federal (2010) e a vereadora (2008). Em 2016, após sair do cargo de vice-prefeita da capital baiana, disputou pela primeira vez o posto máximo do Palácio Thomé de Souza, mas não foi eleita.
É Conselheira do Conselho Regional de Contabilidade do Estado da Bahia.

Celia Sacramento é divorciada, tem 12 irmãos é mãe de dois filhos. Na infância morou nos bairros dos seus avós paternos e maternos, Brotas e Fazenda Grande do Retiro respectivamente. Na juventude residiu nos bairros de Parque São Cristóvão e Praia Grande no subúrbio ferroriario. Nesse último atuou junto com sua mãe na Associação Nova Aliança.
Integrou os grêmios estudantis das escolas secundaristas que estudou. E também os Diretórios Acadêmicos da UFBA e da Fundação Visconde de Cairu.
Integrou o grupo da Juventude Negra que lutou pela construção de políticas públicas para incluir jovens afrodescendentes nas universidades.

Célia Sacramento é professora desde 1995 da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Sua tese de Doutorado propõe um modelo de Qualificação de Jovens para o Mercado de Trabalho.

Entre 2009 e 2012 foi Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulheres do Municipio de Salvador. Em 2013, foi eleita na sede da União das Nações Unidas (ONU) como vice-presidente da Aliança Global de Prefeitos e Líderes Africanos e Afrodescendentes (GAMAD). A instituição busca inclusão social por meio da Ciência  tecnologia, educação, política de sustentabilidade e o empoderamento de mulheres e jovens.

Filiada ao Partido Rede Sustentabilidade é a única Mulher Candidata a Governadora da Bahia nesse pleito de 2018.