Célia Sacramento | Célia Sacramento participa de evento da ONU em Nova Iorque
Home » Atuação Internacional » Célia Sacramento participa de evento da ONU em Nova Iorque

Célia Sacramento participa de evento da ONU em Nova Iorque

nov

Esta semana a vice-prefeita Célia Sacramento esteve em Nova Iorque participando da Reunião das Cidades para Erradicação da Epidemia de AIDS representando a Prefeitura Municipal de Salvador. Cada Prefeito apresentou os seus projetos de políticas públicas para combater a epidemia e AIDS, incluindo acabar com os obstáculos que impedem as pessoas a terem acessos a toda gama de serviços que os infectados precisam para ter uma vida digna. Foram mais de 30 Prefeitos das principais cidades do mundo reunidos debatendo ações estratégicas de combate da Epidemia AIDS que tem crescido assustadoramente entre a Juventude.

Desde a assinatura da declaração de Paris, um compromisso de acelerar o cumprimento das metas 90/90/90 de tratamento de pessoas vivendo com HIV/AIDS até o ano de 2020 e para o fim da AIDS até 2030, a cidade de Salvador tem realizado diversas ações sob o comando do prefeito Antonio Carlos de Magalhães Neto e execução do Secretário de Saúde José Antonio Rodrigues Alves:

1. Aumentamos de 1 para 3 o número de centros especializados para o diagnóstico e tratamento de pacientes com HIV / AIDS, triplicando o assim o acesso;

2. Aumento do número de profissionais que trabalham nessas unidades (incluindo infectologistas);

3. Formação de profissionais, campanhas com testes rápidos para HIV;

4. Nós assinamos acordos de cooperação técnica com a UNAIDS;

5. Realizamos campanhas de prevenção e diagnóstico durante a Copa do Mundo 2014;

6. Implantamos 3 unidades de profilaxia pós exposição (ocupacional e sexual);

7. Realizamos eventos com distribuição de preservativos, com foco em moradores em situação de rua;

8. Executamos atividades de informação, diagnóstico e tratamento do câncer do colo do útero;

9. Estamos em processo de criação do Dia Internacional de Luta Contra as Hepatites Virais, a fim de discutir políticas públicas que atendam portadores desta enfermidade;

10. Em março 2016 a UNAIDS e a cidade de Salvador dispuseram de um técnico de DST, Aids e Hepatites Virais para realizar uma formação sobre a elaboração da cascata de tratamento para pessoas que vivem com HIV / AIDS para a cidade de Salvador;

Após implantar testagem rápida para HIV e Sífilis em 100 unidades de saúde do município, se está trabalhando na coleta de dados do ano 2015 e realizando um monitoramento sobre atendimento e acesso a esses serviços. Com esse conjunto de medidas e por trabalhar com ações de prevenção, sobretudo para as populações chave, temos a intenção de acelerar a resposta e atingir a meta dos três 90: diagnóstico, terapia antirretroviral e supressão viral.